quinta-feira, 24 de março de 2011

Coisas sobre o twitter

Eu tenho conta no twitter a um bom tempo... acho que desde o final de 2007, início de 2008. Conheci pessoalmente algumas pessoas que tive contato inicial através do twitter. Tenho "amigos", pessoas que interagem comigo, que são espirituosas e divertidas, que não conheço pessoalmente, mas sinto como se os conhecesse. Mas vim aqui para falar de uns tipos específicos que continuam na minha timeline mesmo que eu tenha vontade de esganá-los a cada post. Sigo de puro auto flagelo.

Tem o tipo que reclama quando faz sol e reclama quando chove, que assassina o português a cada 3 palavras, mas gosta de falar mal de preto e de suburbanos (a quem ele chama carinhosamente de favelados), tem o tipo que cada dia aparece vendendo uma coisa diferente, desde Ipads até assento para vaso sanitário, tem a mocinha que se acha, que repete a cada post que é doutora e não sei mais o que (como se fazer doutorado fosse algum sinal diferencial de inteligência... conheço é muita anta doutora, muita mesmo), tem os casais de namorados que trocam "eu te amo" de 2 em 2hs pela rede, tem o idiota que só fala em sexo mas que a contar pela frequencia de posts ele não anda praticando com muita frequencia.

Fato é que eu amo esses tipos. Amo mesmo. Não unfollowarei-os nunca.

Nenhum comentário: